Blog

  • É possível fazer mamografia após implante de prótese de silicone?

    mamoplastia-pos-silicone

     

    Muitas mulheres têm dúvidas se após o uma mamoplastia de aumento com uma prótese de silicone é possível realizar uma mamografia, o exame utilizado para realizar o diagnóstico do câncer de mama. As práticas não atrapalham o procedimento, mas o técnico que irá realizá-lo precisa tomar alguns cuidados para evitar que haja qualquer tipo de prejuízo para a paciente.

    O que precisa ser feito?
    Nesses casos será necessário que o técnico posicione o equipamento um pouco mais para trás que o normal, de modo que pegue somente a área do tecido mamário. Além disso, o mamógrafo será regulado para exercer menor pressão sobre o seio.

    A análise é prejudicada?
    A mamografia, como qualquer exame, não é 100% conclusiva e pode apresentar falsos positivos ou falso negativos. A prótese pode em alguns casos dificultar um diagnóstico preciso, porém basta que o médico solicite outros exames como ressonância magnética ou ultrassonografia mamária para ter certeza do diagnóstico.

    Tem algum risco? Dói?
    Com o procedimento sendo realizado em local de confiança, com profissional capacitado e com os aparelhos ajustados corretamente não há risco nenhum de dano a paciente e a prótese. É importante ressaltar que – assim como para qualquer mulher – se a paciente sentir dor durante a realização do exame ele deve ser interrompido imediatamente e o caso deve ser avaliado por um médico.

    Quando devo fazer uma mamografia?
    A partir dos 40 anos as mulheres devem começar a se preocupar em realizar uma mamografia. O ideal é se consultar com um especialista que irá analisar o histórico familiar e as características da paciente para determinar quando o exame deve ser realizado e com qual frequência.

    Caso ainda tenha alguma dúvida escreva nos comentários! Se deseja saber mais sobre cirurgia plástica ou outros procedimentos, entre em contato pelo telefone (51) 3222-6939 ou pelo WhatsApp (51) 99915 6232.