Blog

  • Chia, Quinua e Linhaça. Você consome da forma correta?

    Chia

     

    A ingestão de grãos é uma boa opção para quem deseja ter uma dieta saudável, mas é importante que este hábito seja feito de forma correta para que as substâncias sejam aproveitadas por completo. Muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre o consumo de grãos, fique atento nas dicas abaixo. 

    Por que a melhor forma de se consumir chia é hidratando-a?

    A chia pode auxiliar no emagrecimento, devido ao poder saciante relacionado ao elevado teor de fibras e também pelo gel que se forma ao hidratar essa semente. Quando uma porção de chia é despejada em um copo com água e deixado por 30 minutos, é formada uma espécie de gelatina. Este gel, ou gelatina é criado devido à fibra solúvel que a semente contém. Isto leva à formação do gel, que quando consumida a semente, a mesma auxilia no aumento do volume das fezes, o que provoca movimentos peristálticos do intestino com mais freqüência. Isto por sua vez facilita o trânsito do bolo fecal, ajudando a reduzir a probabilidade de distúrbios do trato intestinal e prisão de ventre.

    Por que não devemos deixar a linhaça de molho e qual a melhor forma de consumo?

    A presença de glicosídeos cianogênicos na linhaça deve ser alertado para os seus consumidores, pois na semente em água sob temperatura ambiente, ou seja, deixada de molho, ocorre o desdobramento desses glicosídeos, liberando assim o ácido cianídrico, prejudicial a saúde.
    Esse ácido pode entrar na corrente sanguínea, afetando principalmente o sistema nervoso, se consumido em grandes quantidades.
    A trituração da linhaça resulta na melhor biodisponibilidade dos nutrientes, facilitando assim sua absorção no organismo. Com a trituração, liberam as fibras solúveis na qual irão dar saciedade. Aumentando a lubrificação das fezes, reduzindo o colesterol, eliminando microrganismos que produzem as células cancerígenas. Para a trituração é recomendada ser feita na hora do consumo, pois em contato com o oxigênio, luz e calor, poderá ocorrer à oxidação do preparo, alterando assim, suas propriedades nutricionais.

    Por que não devemos consumir a Quinua em grãos crua e sim cozida?

    No caso da Quinua apresentar como fator antinutricional as Saponinas, substâncias tóxicas ao organismo e inibidoras de tripsina (é um tipo de enzima que age nas proteínas que se encontram no “bolo alimentar”. Sendo também muito importante para a perfeita digestão dos alimentos ingeridos), as mesmas são encontradas em grande maioria na camada externa do grão, que podem ser facilmente removidos com métodos úmidos (lavagem em água fria) ou pelo cozimento.

    Com estas dicas você pode manter a sua alimentação correta e aproveitar os nutrientes dos seus alimentos por completo.